O bebê de 0 a 6


Oi pessoal, tudo bom? No final de 2015 eu me tornei mãe e durante toda a minha trajetória ate os quase 10 meses de gestação, a única coisa que eu pesquisava na internet era "Como cuidar de um bebê" e "Enxoval do bebê". Achei várias postagens, mas nem todas trouxeram as verdades nuas e cruas. E pensando nisso resolvi trazer essa postagem. Tudo o que você vai ler é com base no que eu e muitas outras mães vivenciaram e é algo completamente normal.


No primeiro mês; O desespero, o medo e a angustia. Mas calma, vai melhorar, eu juro. No começo é um turbilhão de sentimentos, você não entende o que ta acontecendo e do nada se depara com uma criança chorando e precisando de você. Nesse primeiro mês é normal ter uma leve "depressão", se sentir triste, se sentir rejeitada, se sentir mal e cansada, muito cansada. Você também vai sentir dor pra amamentar, o bico do seio racha e tem alguns que ate sagram. Mas você pode ter a sorte disso não acontecer contigo. #Dicabasica Use manteiga de cacau pra ajudar a cicatrizar ;)



No segundo mês; Aqui as coisas começam a caminhar bem. Você já sabe dar banho, trocar fralda, vestir roupa e amamentar. Mas ainda se ver desesperada e cansada as vezes. A "depressão" aqui já foi embora e se ainda não foi, procure ajuda. E novamente, eu juro que vai melhorar.

No terceiro mês; Se o seu bebê teve cólica, aqui elas começam a desaparecer. Você já conhece seu bebê, ele já te dar sorrisos meigos e não dorme mais como no primeiro mês. O cansaço continua, mas se você acostumou o seu bebê a dormir a noite toda desde o primeiro mês, digamos que sobra um tempinho pra descansar. Aqui começa aquela fase do bebê descobrir que ele e você não são a mesma pessoa, e ta na hora de acostumar ele em outros colos. Aqui você já pode começar a dar um pouquinho de água, não vai fazer mal nenhum. As trocas de fraldas diminuem e o bebê já esta mais espertinho. Cada dia uma coisa nova.

No quarto mês; O desespero outra vez, outra fase, gengiva começando a querer coçar e o bebê cada vez mais esperto. Na metade do quarto mês já pode rolar exercícios para fortalecer o abdômen do bebê para ele poder se sentar. Aqui começa os sorrisos cada vez mais gostosos e ate mesmo algumas risadinhas de leve. Você já consegue driblar bem o cansaço e sabe como fazer o bebê se acalmar e dormir. Cólicas? Geralmente já foram embora nessa fase. Mas existem as exceções.

No quinto mês; O bebê observa tudo e você pode leva-lo para conhecer o mundo. Gargalhadas começam a surgir e ta na hora de comprar o mordedor. Você também pode começar a inserir frutinhas caso a pediatra libere. As coisas caminham bem e tudo esta melhorando. Eeeeei, cuidado com o que o bebê coloca na boca, pode causar estomatite (Afta) e vai por mim, você não quer dar remédios para o seu bebê logo agora e ver ele sofrendo.


No sexto mês; Gengiva que coça meu Deeeeus, bebê agoniado e não quer mais dormir. CAAAALMA, ele cresceu, já não é aquele recém nascido e passou tão rápido né? Que tal aproveitar cada vez mais agora? Daqui a pouco o seu neném vai esta fazendo um aninho, logo mais estará fazendo 15, 20 e saindo de casa. Bate um desespero né? Mas calma, você ainda tem tempo. Provavelmente seu bebê dorme a noite toda e nem lembra de acordar de madrugada pra trocar a fralda. Ele ainda mama, porém aqui já começa a sua introdução alimentar. Frutas, papinhas, sucos naturais e água. Cuidado pra não deixar a criança sozinha, e ela acabar rolando em?! Todo cuidado é pouco. Cuidado com o que vai na boca dessa criança, lembra da estomatite? Pois é.

O sexto mês é a metade de um ano, a metade de um novo ciclo. Aqui começa os preparativos para a festa de 1 ano (Caso você faça). Aqui os dentes começam a querer surgir, o bebê já não dorme o dia todo, ele senta sozinho e solta as gargalhadas mais gostosas. Aqui ele quer brincar, presta atenção em tudo. E já assiste a galinha pintadinha viu? Essa é uma das fases mais gostosas. Não é tão molinho e frágil e não é tão grande para se irritar com beijos e abraços. Vida de mãe é assim, a gente cansa, chora, se chateia, se estressa e pensa que não vai da conta. Mas somos mães, e mães são super heroínas, não é mesmo? Espero que tenham gostado, um beijo e ate a próxima ♥


2 comentários:

  1. Eu tô com 5 meses e estou muito assustada por eu ser uma pessoa muito ansiosa... Já fico cheia de paranoias, mas são coisas que fazem parte. Interessante você falar sobre isso porque eu não tenho visto blogs no meio termo, que tem entretenimento e maternidade no mesmo lugar.

    Eu mal vejo a hora de parir logokkkkkk

    darnassiando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk Eu também fiquei muito assustada e parece que a DPP nunca chegava. Mas calma que vai dar tudo certo, te garanto. Aaah que bom que gostou, sempre tratei postagens do tipo ♥ Um beijo.

      Excluir

© NOME DO BLOG - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: NOME DO AUTOR DO BLOG.
Tecnologia do Blogger.