Grávida aos 13 anos?


Hoje eu estava vendo alguns vídeos no youtube e fui parar em um vídeo com o seguinte título "Grávida aos 13 anos" e eu fiquei ali olhando a tela do computador e pensando "É sério? Só pode ser trolagem". Fui assistir o vídeo e infelizmente não era trolagem, nos recomendados tinham vários vídeos com o título "gravida aos 13 anos". E foi isso que fez eu vir aqui fazer esse post. Hoje eu vou dar uma de "mãe" e tentar abrir os olhos de algumas meninas. 



Hoje eu tenho 20 anos, sou mãe de uma menina de 6 meses e me acho muito nova pra isso. Depois da gravidez a minha vida mudou completamente, assim como a de todas as garotas mudam. Aos meus 13 anos, eu estava brincando na rua de casa, e nem pensava em fazer sexo. Eu já sabia o que era, eu já sabia como me cuidar, eu já sabia o que poderia acontecer e eu sabia que isso não era apropriado pra minha idade. 13 anos não é idade para se inciar uma vida sexual. Não é ser chata, querer impor regras e dizer o que uma menina deve ou não fazer, é só a realidade, 13 anos não é idade para ter uma vida sexual. Eu to tentando entender ate agora o que ta acontecendo com o mundo, onde foi exatamente que virou tudo isso? Quando eu contei para os meus amigos sobre o tal vídeo, eles ficaram horrorizados. Jovens com 20 anos ficam horrorizados quando ver algo do tipo. Sabemos bem que jovens de 20 anos atualmente aceita muita coisa, mas uma gravidez aos 13 anos é algo totalmente sem cabimento algum. Então vamos com calma e vou deixar alguns conselhos aqui.


1 - Filho não é uma boneca. Filho não é só dar banho, trocar fralda e fazer dormir. Para se ter um filho, é necessário ter maturidade. Uma menina de 13 anos não tem maturidade e psicológico pra cuidar de um bebê e aguentar as criticas. Então se você tem 13 anos e decidiu iniciar a sua vida sexual, muito cedo por sinal, por favor se cuide. Existem métodos para evitar uma gravidez; Remédio, camisinha (feminina ou masculina) DIU e pílula do dia seguinte para casos extremos. Pelo amor de Deus, se cuide. 



2 - Novamente, 13 anos não é idade para ter relação sexual. Quer transar? Espera um pouco. O cara ta forçando? Você pode dizer não. Disse que é uma prova de amor? Isso nunca foi e nunca será prova de amor. Vou ser bem realista aqui, coisas que eu já vi acontecendo muito e já aconteceu comigo, ta na hora de parar de esconder o quão banal o sexo é. Sexo não é prova de amor, vários caras vão querer você só por conta disso e vão te querer ate conseguirem. Após você abrir as pernas para ele, além dele sair espalhando isso para os amigos, ele só vai te procurar quando quiser novamente, isso se procurar. Se você estiver namorando, bem provável que o relacionamento mude completamente. Sexo não é o mesmo que beijar na boca e eu não me importo nem um pouco com garotas de 13 anos beijando, mas sexo já é uma outra história, um outro nível e nada apropriado para garotinhas de 13 anos. Eu estou citando 13 anos, mas você pode ter 15 e mesmo assim sera cedo demais. 

3 - Filho tem como cuidar, mas e uma doença? Existem inúmeras DST, aids mata, clamídia nem sintoma tem. A camisinha existe para ser usada, e se você iniciou sua vida sexual, é obrigatório ter sempre uma por perto. Não importa se você é mulher, começou a transar? Tenha camisinha. As vezes rola do cara falar que não tem camisinha mas quer transar, e aí? É melhor se prevenir. 

4 - País, conversem com seus filhos, não precisa ter medo de falar sobre sexo. A menina não vai se tornar uma "piranha" por conta disso, e vai evitar muita coisa. Não adianta prender sua filha, uma hora ela vai transar e é melhor que ela faça isso sabendo o certo e o errado.

5 - Fez? Conte aos seus pais o que aconteceu ou converse com algum parente de confiança (E que seja maior de idade). Eles vão saber te orientar, e vá ao ginecologista e comece tomar um anticoncepcional e claro, continue usando camisinha. 


Um recado para as meninas de 12 a 16 anos; Eu sei que essa fase é complicada, vocês estão na pré adolescência e entrando na adolescência. É o corpo e a mentalidade mudando. Eu sei como é isso, eu já passei por tudo isso. Suas amiguinhas falando sobre namoro, os garotos querendo ficar com você, as primeiras paixões, a curiosidade, a rebeldia, primeira menstruação, corpo se desenvolvendo, e a vontade de parecer ser mais velha. Eu sei como é isso, eu já me senti assim, porém eu sempre fui aconselhada tanto dentro de casa quanto na escola. Na minha época (Disse a velha) não tinha toda essa informação, eu entrava na internet apenas pra jogar e o meu celular era vigiado pela minha mãe. Passava meia hora após o horário de saída da escola e se eu não tivesse chegado em casa ainda, ela ficava preocupada, me ligava ou mandava meu pai me procurar. Hoje em dia, com toda essa coisa de "quebrar tabu" ta tudo muito liberado, mas não é assim, existe o limite. Você pode sim namorar, pode sim beijar, pode sim usar maquiagem e começar a querer se cuidar, é natural. Meninas com 15 anos é ate aceitável transar, e mesmo assim ainda é muito nova, porém 13 anos ainda não é a hora. "Ah mas eu quero e sinto que to pronta"... Não, você não esta. Vai brincar um pouco, focar nos seus estudos e pensar em um futuro promissor. Esquece um pouco a sexualidade, essa fase vai chegar, vai chegar a hora em que você vai poder sair, namorar, transar e ate casar se quiser, mas cada idade tem o seu foco, cada fase é muito importante ser vivenciada, e talvez la na frente tu se arrependa do que esta fazendo agora, vai querer voltar no tempo e aí vai ser tarde demais. Por favor, siga o meu conselho, se previna caso aconteça e se você ainda é virgem, se preserve assim. Não é feio ser virgem aos 15 ou 18 anos, não é feio dizer não pra um garoto e não é feio usar ou ter camisinha. É inteligencia, é maturidade. Quer parecer adulta perante a sociedade e impor respeito? Estude e seja inteligente, você vai ver como tudo vai funcionar bem a sua volta. O sexo não vai te fazer ser mais "mulher" e gravidez ou uma doença, não é brincadeira. 


Outro detalhe muito importante é que no vídeo que eu vi, o pai do bebê tem 18 anos. Eu conheço isso como pedofilia e se você tem mais de 18 anos, não se meta com garotas de 13, da cadeia gente kkkk. Vamo manter relacionamento com pessoas mais ou menos na mesma idade, porque nesse caso a idade importa sim. Rapazes, usem camisinha, vocês não engravidam mas correm o risco de se tornarem pais antes da hora ou o pior, ganhar uma doença de brinde. Eu nem vou citar a parte em que a maioria dos rapazes não assumem o filho quando isso ocorre, porque o post vai ficar mais longo do que o necessário, mas em breve sera outro tema que vou abordar aqui. Espero que vocês tenham entendido a mensagem que eu quis passar e comentem aqui o que acham sobre uma vida sexual iniciada muito cedo e ate uma gravidez. Um beijo amores e ate o próximo post ♥ 

5 comentários:

  1. Ameeeeiiii seu esse post, vc aborda o tema de uma forma tão pessoal, como se estivesse falando com sua própria filha. Lindu dimais!!!

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente, é a primeira vez que venho no seu blog e amei seu cantinho, já estou seguindo. Segundamente, como eu disse lá no grupo pelo qual eu vim parar aqui pela sua divulgação, maravilhosa a sua iniciativa em falar sobre esse assunto na blogsfera, veja poucos posts por aí sobre prevenção e gravidez precoce. Elogio dado... vamos ao post.
    Sabe Lorrany, você com 20 anos se acha nova para ser mãe, e eu com 23 acho a mesma coisa, kkk. Sou casada, tenho vida estável e uma pressão enorme da sociedade em me ver grávida, mas eu não me sinto pronta pra isso. Creio eu que seja uma responsabilidade muito grande ter um filho, como você disse, não é só dar banho e trocar fralda, então eu imagino como deve ser complicado estar grávida tão nova, como aos treze anos por exemplo, por isso, informação é importante. E sabe, eu acho que informação deveria vir antes da escola, deveria vir abertamente dos pais, em casa, mas infelizmente não é isso o que acontece e pais não sabem nem que seus filhos já iniciaram vida sexual. E o problema da falta de informação é que ela envolve não apenas a evitar gravidez, mas tbm as DST's, como vc comentou no item 3.
    Você disse tudo sobre o limite, na verdade eu creio que liberdade em exagero acaba mal. Todos precisamos de limites e autodomínio em qualquer situação na vida.
    Gostei muito do seu puxão de orelha e conselhos amáveis dados nesse post.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Acho que vi esse vídeo que te deixou indignada, e também fiquei perplexa. E o que me assusta é que tem INÚMEROS vídeos com títulos parecidos! Eu tenho 23 anos e me sinto longe de estar pronta pra ter um filho, imagina uma criança dessas, 10 anos mais nova! Não sei o que se passa na cabeça delas, mas é um momento complicado, e cabe aos pais conversar e instruir. A vida muda 360 graus depois de ter um filho, então temos que nos preparar bem, e sexo nunca foi nem nunca será uma forma de amor. É chocante ver o que vem acontecendo por aí. Adorei seu texto de alerta! Todo mundo deveria ler :)

    Beijinhos
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi amore, tudo bem?
    Muito bacana você aborda este tema aqui... Realmente, filho não é brincadeira, é coisa séria e demanda muita, MUITA responsabilidade mesmo. Não cheguei a ver este vídeo, mas complicado hem... Meu Deus!
    Parabéns pelo post!

    Beijos
    Amanda Z.
    www.amandazulai.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa que interessante você abordar um assunto tão delicado quanto esse. Até hoje quando eu penso em filho, minha mente borbulha um pouco, porque ainda não consigo pensar na possibilidade de ter uma criança. Para mim, é muita responsabilidade e muita pressão. Mas é interessante você falar sobre esse assunto. Uma menina aos trezes anos realmente não deveria estar começando sua vida sexual. Pelo menos eu aos treze, nem sonhava com isso. E você com vinte anos, já sabe o tamanho da responsabilidade que é ter uma criança e por isso ninguém melhor que você para dar essas dicas.

    ResponderExcluir